Playlist de Setembro, no Spotify

A playlist da Nova Costa de Oiro - Setembro de 2020

(uma viagem pela música mais antiga)

Nesta edição da Nova Costa de Oiro, em que nos debruçamos sobre uma pequena parte do património cultural edificado de Lagos, não queremos deixar de recordar e de partilhar um «outro» património cultural, este imaterial, que apenas está ao alcance dos nossos ouvidos: a música.

Desta vez, criámos uma lista de audição que também proporciona uma viagem no tempo e pela nossa história, enquanto Nação.

A nossa proposta musical começa no século XIII, com as criações de Afonso X, de cognome «O Sábio», mecenas do movimento trovadoresco, e ele próprio um dos maiores trovadores e poetas de língua galaico-portuguesa (do período medieval) e o emérito trabalho de Jordi Savall.

Avançamos até ao século XVI, seguimos viagem até ao vulgarmente chamado período Barroco (século XVIII) e terminamos esta escolha musical geograficamente bem perto de nós, no Al-Andalus, com o excelente trabalho do marroquino Driss El Maloumi.

Atrevam-se a escutar e desfrutem deste património imaterial.

Escutar a Playlist nesta ligação:

https://open.spotify.com/playlist/1yZIEfXuh8l30wflFKvwUv?si=tBnhuMPUQY mv8x7iknjkAg

01 – Cantigas de Santa Maria CSM 400 – Afonso X, O Sábio

02 – Cantigas de Santa Maria CSM 123 – Afonso X, O Sábio

03 – Cantigas de Santa Maria CSM 176 – Afonso X, O Sábio

04 – Cantigas de Santa Maria CSM 170 – Afonso X, O Sábio

05 – Cantigas de Santa Maria CSM 142 – Afonso X, O Sábio

06 – Cantigas de Santa Maria CSM 037 – Afonso X, O Sábio

07 – Cantigas de Santa Maria CSM 77-119 – Afonso X, O Sábio

08 – Cantigas de Santa Maria CSM 176 – Afonso X, O Sábio

09 – Cantigas de Santa Maria CSM 181 – Afonso X, O Sábio

10 – Perdi a Esperança – Anónimo Séc. XVI / Capela Ultramarina

11 – Se a Mym Não Casão – Anónimo Séc. XVI / Capela Ultramarina

12 – Lágrimas de Saudade – Anónimo Séc. XVI / Capela Ultramarina

13 – Partir Não m’Atrevo – Anónimo Séc. XVI / Capela Ultramarina

14 – Vida da Minha Alma – Anónimo Séc. XVI / Capela Ultramarina

15 – Pois Tudo Tam Pouco Dura – Anónimo Séc. XVI / Capela Ultramarina

16 – Nam Vos Acabeis Tam Cedo – Anónimo Séc. XVI / Capela Ultramarina

17 – Bem Sei Que Minha Tristeza – Anónimo Séc. XVI / Capela Ultramarina

18 – Já Não Posso Ser Contente – Anónimo Séc. XVI / Capela Ultramarina

19 – Quem Quiser Comprar Huma Vida – Anónimo Séc. XVI / Capela Ultramarina

20 – Mam M’espanto Já de Não – Anónimo Séc. XVI / Capela Ultramarina

21 – Do Vosso Bem Querer, Senhora? – Anónimo Séc. XVI / Capela Ultramarina

22 – Foy-se Gastando a Esperança – Anónimo Séc. XVI / Capela Ultramarina

23 – Na Fonte Está Lianor – Anónimo Séc. XVI / Capela Ultramarina

24 – No Val Das Mais Belas – Anónimo Séc. XVI / Capela Ultramarina

25 – Sonata Nº 37 em Mi Menor – Carlos Seixas

26 – Sonata Nº 27 em Ré Menor – Carlos Seixas

27 – Tocata em Sol Menor: Andante – João de Souza Carvalho

28 – Sonata Nº 2 em Sol Maior: Alegro – Francisco Xavier Baptista

29 – Marcha dos Cavalinhos – Pedro Caldeira Cabral

30 – Serenata Moderato – Pedro Caldeira Cabral

31 – Taqsim And Narration – Tradicional / Driss El Maloumi